Sanjoanense promoveu I Dia do Guarda Redes

A Associação Desportiva Sanjoanense promoveu, esta tarde, o I Dia do Guarda-Redes ADS.

A iniciativa, com organização conjunta do Departamento de Futebol de Formação e do Departamento de Guarda-Redes do clube, permitiu uma diferente experiência e novas aprendizagens aos jovens atletas da formação, que tiveram a oportunidade de treinar com os guarda-redes da equipa sénior de futebol e os vários treinadores que com eles trabalham.

Destinada, apenas, aos atletas da Associação Desportiva Sanjoanense, a atividade foi marcada por duas fases distintas: num primeiro momento, os jovens puderam interagir com os três guarda-redes da equipa sénior, que abordaram as suas carreiras e experiências numa breve apresentação no auditório do Centro de Formação Desportiva e, posteriormente, foram encaminhados para o relvado, onde trabalharam, sob as indicações dos guarda-redes e respetivos treinadores, em contexto de estações, cada uma focada numa função específica da posição.

Bastante conseguido, o I Dia do Guarda-Redes ADS contou com a presença de 31 atletas.

#ADS #Futebol #Formação #DiaDoGuardaRedesADS

Comunicado

Referente aos acontecimentos após término do jogo U.D. Sousense x A.D. Sanjoanense a contar para o C.N. Prio, 14ª jornada realizada no dia 18/12/2016

A A.D. Sanjoanense, vem por este meio repudiar os acontecimentos no final do jogo acima descrito, junto ao balneário da equipa visitante (área reservada à A.D. Sanjoanense), com agressões ao nosso treinador, atletas e dirigentes, por parte de intervenientes directos e outros alheios ao jogo afectos à equipa visitada.
Repudiamos igualmente, a demora no restabelecimento da ordem pública por parte das forças de segurança, à qual foi solicitada o reforço de efectivos e identificação dos prevaricadores sem a devida anuência.
Mais informamos que iremos enviar uma exposição detalhada dos factos às instâncias competentes.
A Direcção da Associação Desportiva Sanjoanense.

Sanjoanense de primeira cai no prolongamento

A Sanjoanense esteve perto de fazer história na deslocação ao António Coimbra da Mota, reduto do Estoril, mas acabou por ceder (4-2), já no prolongamento, à maior experiência do primodivisionário, mesmo depois de ter estado por duas vezes em vantagem.
Numa partida histórica, os alvinegros entraram bastante determinados e, jogando de igual para igual com a formação que milita na Liga NOS, adiantaram-se no marcador por intermédio de André Pereira, que deu a melhor resposta a um cruzamento de Cauê.
Pressionante, a Sanjoanense imprimia bastante intensidade no último terço e o resultado só surpreendia quem não assistia ao jogo. Tanto que, pouco depois, Murilo teve nos pés o segundo golo do encontro mas, depois de boa combinação com André Pereira, viu o golo negado por uma excelente intervenção de Luís Ribeiro.
Atónito, o Estoril procurava suster as investidas alvinegras e a Sanjoanense aproveitava para dominar, causando bastante mossa no setor defensivo adversário. André Pereira, à passagem da meia-hora, voltou a estar em evidência, ao aproveitar um desentendimento entre os centrais estorilistas mas perdeu no frente-a-frente com Luís Ribeiro, não conseguindo ampliar a vantagem mínima com que se chegou ao intervalo.
A segunda metade trouxe um Estoril mais perigoso, naturalmente à procura de um resultado positivo, e por consequência o golo do empate, da autoria de Bruno Gomes.
Ainda assim, os comandados de Flávio das Neves não se deixaram abater e a resposta não podia ser melhor. Elisio, pelo lado esquerdo do ataque, alcançou a grande área contrária e acabou derrubado por João Afonso, numa ação punida com grande penalidade que Rúben Neves, chamado a converter, não desperdiçou.
Motivada e esperançada pela vantagem, a formação de São João da Madeira pairava a baliza estorilista e voltou, por duas vezes, a estar perto do golo. André Pereira, primeiro, falhou por pouco o alvo e Junior, pouco depois, atirou de cabeça ao poste, após canto de Rúben Neves.
As ameaças, no entanto, despertaram os canários, que tiveram em Bazelyuk um verdadeiro talismã. O russo precisou apenas de quadro minutos em campo para devolver a igualdade, com um livre feliz que sofreu um desvio na barreira e acabou por trair João Silva, e encaminhou o encontro para prolongamento.
Na meia-hora adicional, os visitados fizeram-se valer da maior experiência, acabando por superiorizar-se à Sanjoanense, que nunca baixou os braços, apesar do cansado. Bazelyuk bisou aos 114′, num autêntico balde de água fria para os bravos sanjoanenses, que não conseguiriam evitar, pouco depois, um novo ‘bis’, desta feita de Bruno Gomes, que fixou o resultado final.
A derrota na Amoreira deixa a Sanjoanense nos Oitavos de Final da ‘prova rainha’ do futebol nacional e coloca um ponto final na excelente prestação da formação alvinegra, que agora se foca totalmente no Campeonato de Portugal.

Orçamento Participativo Municipal: Sanjoanense concorre com Centro de Fisioterapia ADS/Pavilhão Paulo Pinto

A Associação Desportiva Sanjoanense concorre ao Orçamento Participativo Municipal com o projeto Centro de Fisioterapia ADS/Pavilhão Paulo Pinto, que tem como objetivo a melhoria das condições e o apetrechamento técnico do respectivo Centro de Fisioterapia, visando o aumento de capacidade de recuperação física dos atletas do clube, atletas de outras colectividades e jovens estudantes e, ainda, um apoio efectivo à recuperação funcional e terapêutica dos pensionistas com cartões A e B residentes em S. João da Madeira.

O Centro de Fisioterapia ADS/Pavilhão Paulo Pinto é um projecto da Associação Desportiva Sanjoanense para a comunidade Sanjoanense.

Se está recenseado no concelho e pretende utilizar a plataforma informática (www.opm.cm-sjm.pt), proceda ao seu Login/Registo e, de seguida, vote no projecto Centro de Fisioterapia ADS.

Pode também votar presencialmente, entre 5 e 9 de Dezembro, nas Piscinas Municipais (das 9:30h às 18h) ou nos bares da cidade (sextas e sábados das 20:30h às 22:00h).

Brevemente informaremos sobre outros locais de votação.

Vote no Projecto Centro de Fisioterapia ADS/Pavilhão Paulo Pinto!