Mau início ditou o jogo

SL Benfica 9 x Sanjoanense 1

5 Inicial: David Nogueira, Tiago Ferraz, Filipe Leal, Chico Barreira e João Oliveira(cap.)

Jogaram Ainda: Marco Lopes, Pedro Cerqueira, Daniel Homem, Alfredo Nogueira e Afonso Santos

Golo: Pedro Cerqueira

A Sanjoanense deslocou-se até Lisboa para defrontar um dos mais sérios e crónicos candidatos ao título, o Benfica, que, provavelmente avisado pelas dificuldades que teve na temporada anterior, nos Quartos-Final da Taça de Portugal no Pav.Desportos – na altura resultado de 5-8 – jogou ao seu nível com uma grande intensidade e, num início amorfo da Sanjoanense que consentiu quatro golos em oito minutos, o encontro ficou irremediavelmente condicionado.

Ainda assim, após o quarto golo e um “time-out” pedido por Vítor Pereira, a Sanjoanense acalmou, rodou jogadores, entrou no ritmo e equilibrou, no seu melhor período da primeira parte. Contudo, Carlos Nicolia, aos vinte minutos, fez o 5-0, resultado com que se foi para intervalo.

Na segunda parte, a Sanjoanense teve um início melhor, mas o Benfica voltou a marcar dois golos em dois minutos, por João Rodrigues e Diogo Rafael. Com o encontro perdido, importava jogar pela honra e pelos adeptos, que foram algumas dezenas que se deslocaram até à capital, rodando todo o plantel para que todos estejam preparados para os próximos desafios.

O Benfica nunca entrou numa toada de descompressão e, com isso, foi natural a concretização de mais golos, cabendo ao argentino Carlos Lopez bisar. Os alvi-negros fizeram o seu tento de honra, a três minutos do final, por Pedro Cerqueira.

Fica a sensação que a Sanjoanense pagou cara a factura do intenso esforço físico que fez, na última Quarta-Feira com o Juv.Viana o que condicionou a equipa a não dar uma melhor resposta ao Benfica. Ainda assim, perante uma equipa tão forte e que não deu facilitismos, mais não seria de esperar para este encontro que não é claramente do campeonato dos alvi-negros.

No próximo Sábado, no horário habitual, a Sanjoanense recebe o campeão em título, Valongo, em mais uma partida muito difícil, a terminar um ciclo de quatro jogos frente aos quatro primeiros classificados do campeonato da temporada passada.

O jogo ficou essencialmente marcado por um início amorfo que a Sanjoanense teve. Foi esse início com alguns erros que fez com que a partida ficasse irremediavelmente condicionada?

Vítor Pereira: Realmente não entramos bem no jogo, ao contrário do Benfica que com todas as mais valias que dispõe entrou forte e assim estragou a nossa estratégia para a possibilidade de disputar o jogo e tentar pontuar. Sabíamos que era uma missão muito, mas muito difícil e depois do Benfica chegar aos 4-0, optamos por uma estratégia diferente onde podemos trabalhar de forma a continuar a lutar pelos nossos objectivos, nunca deixando de ter uma atitude positiva em prol do jogo, de forma a dignificar o emblema que trazemos connosco.

Esse mau início poderá dever-se ao intenso esforço físico dispendido contra o juv.viana sendo que, a Sanjoanense com o seu amadorismo e sem hipótese para efetuar a devida recuperação, pagou a fatura?

V.P.: Terá sido também um factor para o resultado final, sabemos que estamos numa fase do campeonato muito difícil a defrontar equipas profissionais, as 4 primeiras classificadas da época passada, sabemos também que se dermos uma vantagem inicial a esses adversários tudo se torna mais complicado, tal como aconteceu a 3 dias atrás, isso fez com que tivéssemos que fazer uma partida em esforço para conseguir pontuar. É claro, como amadores que somos acabamos obviamente por ter reflexos desse esforço, no entanto isso não desculpa tudo, a forma como começamos não foi positiva com erros que sabíamos que não podíamos cometer. A espaços durante o jogo conseguimos ajustar e melhorar, e trabalhamos em prol da melhoria da nossa identidade como equipa, fizemos um jogo com rotação de todos os elementos, mas mesmo assim o ritmo imposto pelo Benfica desgastou e causou desgaste. Sabemos das diferenças e temos de ter a humildade necessária para saber aquilo que pretendemos e trabalharmos focados no nosso objectivo.

A Sanjoanense, a 300 km de casa, contou com cerca de 60 adeptos a apoiar incondicionalmente a equipa. No final os jogadores fizeram o grito junto a eles, num sinal de grande união entre adeptos e jogadores. Como se sente ao ver os seus adeptos deixarem uma marca positiva em todos os pavilhões da I Divisão?

V.P.:  Como já disse anteriormente é um orgulho enorme ser treinador deste clube e ter esta massa associativa connosco. Estes nossos adeptos tem o mesmo espírito que a equipa, vão a todo o lado sem medo, com um atitude muito positiva, dão o seu melhor e dignificam a modalidade, a cidade , o clube, são sem dúvida adeptos em sintonia com a equipa e com o ADN do clube. Isso para mim, para a minha equipa é muito importante, dá-nos conforto e alento para continuar o nosso trabalho em busca do nosso objectivo, sabemos que compreendem a nossa postura, que juntos somos mais fortes, sabemos que estão connosco em busca nosso objectivo.

Segue-se o campeão nacional Valongo no próximo Sábado, é importante não haver ilusões sobre uma eventual fragilidade do Valongo em relação ao ano passado?

V.P.: O Valongo tem uma excelente equipa, tem um hóquei muito positivo, joga o jogo pelo jogo é claro é o campeão em título, moralizado por as 2 ultimas vitórias, uma delas muito importante com a Oliveirense em Oliveira de Azeméis, por tudo isto não podemos esperar facilidades. Trazem sempre muitos adeptos consigo, adeptos que transmitem sempre um grande apoio, e por vezes o factor de jogar fora não se sente. No entanto no meu entender isso em S. João da Madeira não vai acontecer, pois espero que nossos adeptos marquem presença de forma que estamos habituados e mais uma vez transmitam a energia que precisam que neste momento difícil fiquem connosco para nos ajudarem a conquistar pontos frente ao campeão nacional. Sábado em S. João da Madeira será dia de festa do hóquei em patins estaremos de volta ao “caldeirão” da cidade do trabalho.

ClubeJVEDP
AD Sanjoanense/Delba1011813
S.L. Benfica10100030
F.C. Porto990027
Sporting C.P.10100030
Vitória Setubal1041519
Águas Santas860220
A. Avanca1040618
Póvoa AC620410
Boavista F. C.80088
F. C. Gaia71069
ISMAI802610
S. C. Horta721412
Os Belenenses642016
Boa Hora913514
ABC Minho1051421
Madeira SAD621311