Andebol: Juvenis garantem promoção à Primeira Divisão Nacional

  • Formação alvinegra venceu Artística de Avanca e garantiu promoção à principal divisão do escalão.
  • Triunfo vale presença na ‘Final Four’ de apuramento de campeão.

Tarde de glória para o andebol da Associação Desportiva Sanjoanense. Ao penúltimo jogo da segunda fase do campeonato, a formação de juvenis venceu o Artística de Avanca e garantiu a promoção à Primeira Divisão nacional do escalão, assegurando, ainda, a presença na ‘Final Four’ de apuramento de campeão.

Perante o segundo classificado, a Sanjoanense sentiu algumas dificuldades para impor o seu jogo e, com uma primeira metade marcada pelo equilíbrio e alguma inconsistência defensiva, chegou ao intervalo com dois golos de desvantagem.

Ainda assim, os comandados de Miguel Orlando não se deixaram apoderar pelo nervosismo e, com um bom início de segunda parte, restabeleceram a igualdade, alcançando uma vantagem de dois golos a cerca de dez minutos do final da partida.

Muito mais consistentes na etapa complementar, os alvinegros não mais perderam a superioridade e, com dez minutos finais de grande categoria, avançaram para um triunfo histórico, que abre as portas da Primeira Divisão nacional do escalão na próxima época os coloca no centro de decisão do Campeonato Nacional da Segunda Divisão de Juvenis na presente temporada.

«É uma alegria imensa, fruto do trabalho que desenvolvemos desde o primeiro dia, do primeiro treino» – Prof. Miguel Orlando

Sentimentos depois de garantido o objetivo: É uma alegria imensa, fruto do trabalho que desenvolvemos desde o primeiro dia, do primeiro treino, em setembro. O grupo de trabalho é constituído por atletas muito jovens, alguns deles com idade de iniciado, ainda. São miúdos que abraçaram o projeto com grande empenho e força de vontade, que nos permitiram atingir este objetivo.

Este foi um objetivo que, inicialmente, não se colocou na mesa mas que foi surgindo desde que começámos a trabalhar e vimos que a qualidade estava a aumentar. E hoje atingimos esse desiderato com uma vitória bastante conseguida sobre o Avanca, segundo classificado que pratica, também, um excelente andebol. Estamos de parabéns!

Segredo para a reviravolta da segunda parte: Fizemos algumas mudanças em termos defensivos. Corrigimos alguns pormenores que não tinham funcionado tão bem na primeira parte. Alertei, ao intervalo, para a qualidade de alguns jogadores do Avanca, conseguimos condicionar trajetória fortes de alguns atletas adversários, principalmente da primeira linha, e foi essa melhoria defensiva que nos permitiu reverter o marcador, passar para a frente e fazer a gestão na parte final.

Saliento que podíamos ter perdido por sete e, mesmo assim, atingir o objetivo de ficar em primeiro lugar e ir à Fase Final, mas isso nunca foi transmitido aos meus atletas. Lutámos sempre pela vitória e acabámos devidamente recompensados.

Época bastante positiva: Inicialmente não esperávamos uma temporada tão positiva, sinceramente. Não conhecíamos bem os atletas e os primeiros meses de trabalho serviram, essencialmente, para que eu pudesse conhecer os jogadores e eles me conhecessem a mim. Instituímos algumas regras internas, o grupo melhorou imenso e, à medida que as jornadas iam decorrendo, começámos a perceber que podíamos alcançar o objetivo. Na primeira fase conquistámos o título regional e consentimos apenas uma derrota, no primeiro jogo contra o Avanca, num jogo incaracterístico em que, apesar de termos perdido por um único golo, tivemos um mau início e chegámos a estar com onze golos de desvantagem. Mas esse acabou por ser um jogo bastante importante. Permitiu-nos estimular o grupo, melhorar os índices de trabalho e alertar os jogadores, algo que se revelou essencial, especialmente tendo em conta a média de idade do grupo. Explicámos-lhes que por vezes temos que trabalhar mais para que consigamos atingir os objetivos. A partir daí vencemos todos os jogos e somos, a par do ABC, da outra série, as únicas equipas que contam treze vitórias em outros tantos jogos, o que espelha a qualidade de trabalho dos meus atletas.

Quero também salientar, pela positiva, o trabalho de toda a estrutura, desde os seccionistas ao grupo de pais que nos acompanha desde o primeiro dia, porque só com esta conjugação de fatores é que conseguimos atingir este objetivo que é muito importante para o clube e, essencialmente, para os miúdos.

Ambições: Disse aos meus jogadores, logo após o jogo, que quem joga uma Fase Final nada tem a temer. O máximo que pode acontecer-nos é ficarmos em quarto lugar a nível nacional. Não sei ao certo o número de equipas que participam no Campeonato Nacional mas tenho a certeza que todas elas quereriam estar na luta por um lugar entre os quatro primeiros. Agora vamos direcionar os nossos objetivos para a conquista do título. Podemos não o conseguir conquistar mas quem joga uma Fase Final só pode ter esse objetivo em mente.

«Estar na Primeira Divisão na fase final do desenvolvimento destes atletas é uma condição imperativa» – José Pedro Silva, Vice-Presidente para o Andebol

Importância do feito alcançado: A secção de Andebol da Sanjoanense tinha dois grandes objetivos para a presente temporada: a manutenção da equipa sénior e a promoção dos Juvenis à Primeira Divisão Nacional. Temos feito, ao longo dos últimos anos, um esforço de captação de treinadores de qualidade para que possamos aumentar o nível da formação e ajudar a desenvolver jogadores de topo. E estar na Primeira Divisão na fase final do desenvolvimento destes atletas é, para nós, uma condição imperativa.

Influência na futura transição para a equipa sénior: O feito, em si, não garante a integração dos atletas na equipa sénior. Ainda assim, foram identificados, pela qualidade que têm demonstrado, cinco ou seis atletas desta equipa, que devem integrar a pré-temporada da formação sénior e este feito foi algo que veio por acréscimo. Esta integração pode não ser imediata. Os atletas é que vão demonstrar, durante os trabalhos, se devem ou não fazer parte do plantel.

Ambições para a Fase Final: Queremos, naturalmente, conquistar o título de campeão. O objetivo inicial passava pela promoção mas, agora que está garantido, vamos tentar o título de campeão.

Fotografia: Daniel Oliveira/ADS

Não é possível realizar comentários.