ADS/World Pack, 74 x Maia Basket, 69

Seniores  – PROLIGA
ADS/World Pack sempre fortíssima no Paulo Pinto

ADS/World Pack, 74 x Maia Basket, 69

A equipa da ADS / World Pack recebeu e venceu o Maia Basket por 74 – 69, em jogo a contar para a 10ª jornada do Grupo A da 2ª fase da Proliga.
Era um jogo aguardado com enorme expectativa pois defrontavam-se duas equipas com legítimas aspirações a alcançar um dos quatro lugares que dão acesso ao play-off de subida ao principal escalão do basquetebol nacional. Por este facto e em função das excelentes prestações da equipa nesta época, o Pavilhão Paulo Pinto registou mais uma enchente de público, proporcionando um ambiente bonito e intenso do início ao fim do encontro.
Os maiatos iniciaram o jogo da melhor maneira, com uma entrada na partida com grande velocidade e intensidade nas ações ofensivas e acerto nos lançamentos exteriores sem que houvesse qualquer esboço de resposta da formação da casa, sempre apática neste 1º período, que terminou com o resultado em 18 – 25. O treinador da ADS / World Pack procurou corrigir no 2º período os erros apresentados inicialmente e a reação foi excelente, com uma mudança radical da postura defensiva e maior acerto no ataque, tendo o jogo chegado ao intervalo com o resultado em 38 – 33. No início da 2ª parte o jogo foi mais intenso e a formação da casa viu-se subtraída daquele que estava a ser o seu melhor jogador, Sílvio Rodrigues, por exclusão decidida pela dupla de arbitragem. Com este revés e desvantagem no marcador o desafio era enorme para a formação da casa. No entanto, no 4º período, a ADS / World Pack mostrou experiência e qualidade, impulsionada por uma excelente prestação de Simão Pinheiro ao demonstrar toda a sua qualidade técnica e precisão no lançamento exterior, liderou a reação dos da casa e garantiu uma importante vitória. Este triunfo também significa que no final desta fase, em caso de igualdade pontual com o Maia, a ADS / World Pack tem vantagem.
Nas reações ao encontro, o treinador da ADS/World Pack, Sérgio Salvador, afirmou que “começamos o jogo muito mal, apáticos, mas depois reagimos e mudamos a atitude e a prestação defensiva. No 3º período aconteceram coisas estranhas que não vale a pena desenvolver que nos destabilizaram, mas soubemos voltar a jogar concentrados e, com a ajuda do público, conseguimos vencer. Os jogadores, o público e a Direção estão de parabéns.” Carlos Resende, jogador da ADS / World Pack realçou “que a equipa do Maia é completamente diferente com ou sem Nuno Marçal. Com ele o jogo é mais parado e baseado no jogo interior e sem ele é baseado em penetrações e assistências para o jogo exterior. Acabamos por ser um pouco surpreendidos no início do jogo”. O treinador do Maia, João Tiago, referiu que “o nosso jogo se baseia num grande dinamismo e no 2º período com as rotações que tive que fazer perdemos essa dinâmica. A nossa equipa é muito nova, o Nuno Marçal faz-nos muita falta, é o nosso americano! Mas para estes jovens é muito bom jogarem jogos como estes e crescerem neste contexto, com pavilhão cheio e bom ambiente.”
O próximo encontro da AD Sanjoanense, a contar para a 11ª jornada da 2ª fase Grupo A da Proliga, será disputado no dia 31 de março, às 21h30 no reduto do Esgueira.

ClubeJVEDP
AD Sanjoanense21013
Iliabum22004
AD Galomar22004
CD Póvoa22004
Sampaense20022
Sangalhos20022
Ginásio Figueirense (Fig. Foz)10011
Vasco da Gama10011