Sanjoanense derrotada pelo líder Barreirense

ADS 61 – Barreirense 72

Derrota com o líder

Árbitros: Luís Lopes e Jorge Marques

XVI Campeonato da Proliga, 2.ª fase, grupo A, 13ª jornada 20 de abril de 2019, 16.30 horas Pavilhão Paulo Pinto, SJ Madeira

ADS: Jerry Karczewski (8), Hélder Gomes, Sílvio Rodrigues (10), Eduardo Guimarães (2), Simão Pinheiro, André Dara (10), Miguel Reis (1), Pedro Azevedo (24), José Teixeira e Sergi Coll.

Barreirense: Diogo Peixe (5), João Cardoso, Tiago Peixe, Fuquan Niles (13), Alexandre Coelho (6), Carlos Sicó, Tiago Raimundo (11), Khaleal Cormick (14), André Mendes (12), Gonçalo Pais (9) e André Amado (2).

Ao intervalo: 26 – 38

Em jogo a contar para a penúltima jornada da 2ª fase da Proliga de basquetebol, a formação sanjoanense, perante numeroso público, recebeu a equipa do Barreirense, que se encontra em primeiro lugar na classificação geral tendo inclusive já garantida a subida à divisão maior do basquetebol nacional.

A formação do Barreiro entrou muito bem no jogo. Mais rápidos e com maiores soluções ofensivas, a formação do Barreirense foi-se destacando no marcador, chegando ao fim do primeiro quarto a vencer por 16 – 14. No segundo período, a equipa comandada por Sérgio Salvador, continuou algo apática, sobretudo no ataque, com pouca circulação de bola e extremas dificuldades no jogo interior (justificado pela ausência de Sergi Coll a recuperar de uma lesão), onde Fuquan Niles e Tiago Raimundo tinham vantagem de estatura, tendo dominado completamente as tabelas e limitado as acções dos jogadores interiores da ADS. Ao intervalo, os visitantes venciam por 12 pontos de vantagem.

Na 2ª parte, a ADS tentou encontrar soluções para equilibrar a partida e de certa forma conseguiu-o mas falhou a aproximação no marcador nunca tendo baixado duma desvantagem de 7 pontos. Ainda assim, viu-se uma equipa aguerrida, intensa, a limitar as acções ofensivas do adversário e com maior velocidade de circulação de bola no

ataque até encontrar uma boa situação de lançamento. No entanto não foi uma tarde particularmente inspirada dos seus atiradores (concretizaram 6 lançamentos triplos em 31 tentados o que dá uma eficácia de 19%, muito abaixo do que têm conseguido até aqui na Proliga). Assim sendo, o jogo terminou com uma vantagem de 11 pontos para o Barreirense, justo vencedor e que realizou uma boa partida, justificando o estatuto de melhor equipa da Proliga nesta época.

Na análise estatística da partida realce para a vantagem ao nível dos ressaltos (50 – 38 para o Barreirense). O melhor marcador do jogo foi mais uma vez Pedro Azevedo, autor de 24 pontos (75% de eficácia em lançamentos de 2 pontos e 100% em lances livres), e que se despediu do basquetebol neste jogo, onde demonstrou todas as qualidades que foram marcando a sua notável carreira. Muito obrigado por tudo, Pedro Azevedo.

O próximo jogo será no dia 27 de abril de 2019, às 15 horas perante o Academia do Lumiar, em Lisboa.

ClubeJVEDP
Sanjoanense271501242
Sampaense271301440
MBC27200747
Académica Lumiar27190846
AngraBasket27901836
Barreirense27230450
Académica271401341
Belenenses27190846