Casa cheia para ver Sanjoanense vencer Benfica.

AD Sanjoanense 88 – SL Benfica (Sub-22) 61

Ficha de jogo: XVII Campeonato da Proliga,

1.ª fase, 3ª jornada 27 de outubro de 2019, 17 horas Pavilhão Paulo Pinto, SJ Madeira

ADS: Filipe Ferreira (4), Sílvio Rodrigues (5), Eduardo Guimarães (16), Miguel Reis (9), Emanuel Sá (21), Renato Ribeiro (11), Diogo Rebelo, José Teixeira (2), Gonçalo Catarino (6), Sérgio Felgueiras (2), Torrance Johnson (12) e Filipe Silva.

Treinador: João Tiago

SLB: Francisco Alves (2), Alexandre Fatuda (4), Asha Kabamba (16), Amaro Correia (7), Bruno Araujo (8), Henrique Alves (6), Marcos Valente (11), Sebastião Oliveira, Eduardo Tomé, Gonçalo Lopes (1), Vasco Carvalho e Bernardo Santos (6).

Treinador: Nuno Rodrigues

Ao intervalo: 49 – 36

Em jogo a contar para a 3.ª jornada da 1.ª fase da Proliga, a ADS defrontou a equipa de sub-22 do Benfica num pavilhão repleto de público, que proporcionou um ambiente fantástico para o jogo.

Estes jogos com equipas sub-22 ou equipas B dos grandes clubes nacionais são excelentes momentos para ver em ação jovens valores do basquetebol nacional. O Benfica já trouxe a SJ Madeira jogadores que hoje estão noutros patamares competitivos como Rafael Lisboa, Gonçalo Delgado e até Neemias Queta, que agora brilha no basquetebol norte-americano.

O jogo começou muito equilibrado, com o Benfica mais agressivo no ressalto ofensivo e a conseguir equilibrar nos primeiros minutos. Com o avançar dos minutos, veio ao de cima a maior qualidade e experiência da equipa da ADS, tendo-se chegado ao intervalo com uma vantagem de 13 pontos favorável aos da casa.

Na 2.ª parte, a formação lisboeta nunca conseguiu uma aproximação no marcador e não chegou a discutir o resultado. Nota de realce para a entrega e seriedade com que os pupilos de João Tiago encararam todo o jogo, nunca tendo abrandado o ritmo e colocando sempre muita pressão no ataque dos lisboetas, o que se revelou um entrave a uma recuperação no marcador. O Benfica concretizou apenas 25 pontos na 2ª parte o que revela a qualidade do processo defensivo da ADS. O MVP do jogo foi Emanuel Sá com 21 pontos, 7 ressaltos e 2 assistências. No entanto, o verdadeiro destaque na equipa da casa vai para o jogo colectivo e para as 21 assistências realizadas pelos seus jogadores, o que diz bem do esforço de cada jogador na procura do melhor lançamento possível.

No próximo fim-de-semana vai decorrer uma jornada dupla, em que a ADS se vai deslocar à Figueira da Foz no sábado às 16.30h, sendo que no domingo, dia 3 de novembro, receberá a formação do SC Braga, pelas 17 horas no pavilhão Paulo Pinto. Seria importante para a equipa a presença massiva de público.

ClubeJVEDP
AD Sanjoanense53028
Sampaense Basket43017
CD Povoa550010
Académica Lumiar54019
AngraBasket50055
Casino Ginásio53028
Académica Efapel52037
Eléctrico FC53028
F C Porto B43017
Ginásio Patés Manná51046
Imortal B C550010
Os Belenenses52037
SC Braga50053
SL Benfica sub2250055