Jogo equilibrado até o árbitro ser protagonista

Estádio Conde Dias Garcia

Sanjoanense 1 x Felgueiras 4

Ao Intervalo 1-1

Árbitro: Patrick Marques

Snjoanense: Diogo Almeida, Gil Barros, Ruben (C), Godinho, Daniel (Ibrahim 70), Ricardo, George, Paulinho, Belkheir, Elder Santana e Edson (Juninho 70).

Treinador – Sérgio Machado

Felgueiras: João, Ruben, André Rodrigues, Miguel Pereira, Helder Pedro, Sidney, Mário Sérgio (C), Pedro Ribeiro (Pedro Leite 67), Bruno Silva (Jorge Azevedo 75), Pedro Marques e Ruben Alves (Miranda 87).

Treinador – Nuno Andrade

Golos: Miguel Pereira (22 e 49 gp), Belkheir (29 gp, Ruben Alves (65 e 70gp)

Amarelos: Bruno Silva, Ricardo e Ruben

Vermelho: Ricardo

Sanjoanense afastou-se do topo em jogo muito condicionado pela arbitragem

A tarde de chuva fazia adivinhar um jogo complicado, mas, à partida para 24.ª jornada da Série B do Campeonato de Portugal, poucos esperariam ver aquilo a que se assistiu no Conde Dias Garcia.
Diante de um Felgueiras que, à entrada para a ronda, contava quatro pontos de atraso para a Sanjoanense, os comandados de Sérgio Machado não se exibiram a bom nível, é certo, mas acabaram seriamente prejudicados pela tarde menos inspirada do trio de arbitragem, que contribuiu para um resultado com contornos exagerados.
Perante os seus adeptos, foi a Sanjoanense a primeira a criar perigo junto das balizas, quando, à passagem dos 20 minutos, Belkheir obrigou João a boa intervenção, depois de um mau entendimento entre o guarda-redes contrário e a defesa.
No entanto, foi o Felgueiras que se adiantou, logo de seguida, naquele que foi o primeiro lance de registo dos forasteiros na partida. Miguel Pereira aproveitou da melhor forma uma rápida transição e, na recarga a uma primeira defesa de Diogo, inaugurou o marcador.
Ainda assim, a resposta alvinegra não tardou e, cerca de cinco minutos volvidos, Belkheir restabeleceu a igualdade, na cobrança de uma grande penalidade assinalada por falta sobre Godinho, que, depois de um canto, sofreu carga no momento em que se antecipava a um defesa adversário.
Ao intervalo, o empate facilmente se justificava com o que era mostrado pelas duas equipas em campo, mas a segunda metade reservava, sem que ninguém o soubesse, um conjunto de incidências altamente prejudiciais para a Sanjoanense.
Logo a começar, com apenas três minutos jogados na etapa complementar, o árbitro Hélder Marques, da AF Viseu, apontou para a marca de grande penalidade, descortinando uma infração passível de grande penalidade por suposta mão na bola de Ricardo, quando, na verdade, o médio a desviou com o peito. Na sequência, Ricardo viu cartão amarelo e Miguel Pereira voltou a colocar os visitantes em vantagem.
E a verdade é que, a partir deste momento, assistiu-se a um autêntico descalabro, a todos os níveis, que ficou claro minutos depois, no momento em que Ricardo foi obrigado a travar um contra-ataque adversário, tendo sido punido com segundo cartão amarelo e consequente vermelho.
Em desvantagem no marcador e no número de homens em campo, a Sanjoanense tentava uma resposta e George, de pé esquerdo, procurou a sorte, mas viu João responder com defesa atenta.
A tentativa de reação foi, porém, infrutífera, porque pouco depois o Felgueiras aumentou a contagem. E, uma vez mais, com muita polémica à mistura, já que Hélder Marques voltou a encontrar, num lance muito duvidoso, motivo para grande penalidade, permitindo a Rúben Alves aumentar a distância no marcador.
Os visitantes aproveitavam com grande eficácia as oportunidades para reforçarem a vantagem e, à passagem dos 70 minutos, acabaram por dar a machadada final nas ambições da Sanjoanense. E, como não há duas sem três, novamente com muitos motivos de queixa dos homens de São João da Madeira, já que, no início da jogada que termina com novo golo de Rúben Alves, Élder Santana é claramente carregado em falta, infração que a equipa de arbitragem liderada pelo árbitro de Viseu não sancionou.
Apesar da derrota, a Sanjoanense mantém o sexto lugar da Série B do Campeonato de Portugal, na véspera de deslocação ao reduto do vizinho Lusitânia de Lourosa, no próximo domingo, às 16 horas com transmissão no Canal 11.

ClubeJVEDP
AD Sanjoanense10101
Sp Espinho10010
Lourosa11003
Vildemoinhos10010
Valadares10010
Canelas 201011003
Anadia11001
Águeda10010
Beira-Mar10010
S. J. Vêr10101
Vila Cortez11003
Castro Daire11003