Exibição personalizada ajudou a repetir triunfo no dérbi

Estádio Lusitania Lourosa

Lourrosa 1 x Sanjoanense 3

Ao intervalo 1-1

Árbitro: José Almeida – AF Lisboa

Lourosa: Leo, Vitinha, Henrique, Gil Dias, Serginho (Wilson 70), Paulo Grilo (Helder Castro 83), Paulo Tavares ( Jaime Poulson 57), Leo Cordeiro, Diogo Cunha (c), Goba e Leo.

Treinador – Rui Quinta

Sanjoanense: Diogo Almeida, Gil Barros, Ruben (c), Godinho, Daniel, Barbosa, George, Paulinho (Rui Faria 62), Belkheir (Belkheir 93), Elder Santana e Edson (Ibrahim 72).

Treinador – Sérgio Machado

Golos: Belkheir 36, Goba 40, Paulinho 59 e George 74.

Amarelos; Henrique, Gil Barros, Léo Cordeiro e Belkheir.

A Sanjoanense voltou a ser feliz no dérbi aveirense diante do Lusitânia de Lourosa, em jogo da Série B do Campeonato de Portugal, ao repetir o resultado da primeira volta, assegurando novo triunfo (3-1).

Com uma exibição personalizada, os comandados de Sergio Machado souberam gerir bem os vários momentos de jogo, mostrando capacidade para sofrer e aguentar as investidas do adversário, anulando os seus pontos fortes, e revelando capacidade para o ferir nos momentos cruciais.

Depois de algum equilíbrio inicial, foi mesmo a Sanjoanense que se adiantou no marcador, por intermédio de Belkheir, que, pouco depois da meia-hora de jogo, deu a melhor sequência a um cruzamento muito bem medido de Élder Santana, cabeceando para o golo.

De seguida, Paulinho procurou tirar as medidas à baliza contrária, mas, de pé esquerdo, atirou ao lado, num remate que serviu de ensaio para o que aconteceria mais tarde.

A resposta dos locais, porém, não tardou e, a cinco minutos do descanso, Goba surgiu no coração da área para, também de cabeça, responder a um cruzamento desde a esquerda, restabelecendo a igualdade, resultado que se verificava ao intervalo.

A segunda metade prometia uma maior pressão da formação de Lourosa, que, a jogar em casa, pretendia manter a distância pontual para os perseguidores. Mas, uma vez mais, foi a turma alvinegra que se superiorizou, voltando à vantagem com um pontapé indefensável de Paulinho. Um golo de outro mundo do jovem médio, que se estreou a marcar pelo clube.

Novamente na frente do marcador, os homens de São João da Madeira geriam as investidas contrárias e apostavam nas transições para chegarem com perigo ao último terço. E foi num desses momentos que colocaram um ponto final no encontro. George, em zona central, deu sequência a uma jogada de insistência de Belkheir e arriscou o remate, que sofreu um desvio num defesa contrário e enganou Leonardo.

Até final, e apesar da insistência, o Lourosa não conseguiu desmanchar a defesa da Sanjoanense, que repetiu o triunfo da primeira volta e regressou, assim, às vitórias no campeonato.

No próximo domingo, o jogo entre a Sanjoanense e o Paredes, será à porta fechada, por indicação da FPF, acerca da propagação do COVID 19.


ClubeJVEDP
AD Sanjoanense25126742
Castro Daire25128544
FC Arouca25184358
Coimbrões25861130
Ginásio Figueirense2523209
Pedras Rubras25771128
Sp. Espinho25139348
Felgueiras25125841
Trofense25861130
Paredes2597934
Amarante2589833
Vila Real25431815
Leça25137546
Gondomar25761227
Lusitano Vildemoinhos25741425
Valadares25741425
Lourosa25148350
Canelas 201025712633