Vitória pela margem mínima em jogo empolgante

AD Sanjoanense 70 – Belenenses 69

Ficha de jogo:

XVII Campeonato da Proliga, 1.ª fase, 19ª jornada 16 de fevereiro de 2020, 17 horas Pavilhão Paulo Pinto, SJ Madeira

ADS: José Teixeira, Sílvio Rodrigues (9), Eduardo Guimarães (14), Diogo Rebelo, Tiago Ferreira, Gonçalo Catarino (5), Sérgio Felgueiras (5), Miguel Reis, Emanuel Sá (16), Gonçalo Lascasas, Renato Ribeiro e Torrance Johnson (21).

Treinador: João Tiago

Belenenses: Henrique Piedade (14), José Torres (12), Pedro Lança (3), José Miguel, Charles Tripp (21), Filipe Machado, Ricardo Rosa (6), Miguel Fialho, Rui Palhares (10), Daniel Pestana, e Diogo Carvalho (3).

Treinador: Sérgio Ramos

Ao intervalo: 42 – 36

Depois de na primeira volta a formação do Belenenses ter derrotado os alvinegros por 81 – 76 em Lisboa, antevia-se um jogo muito equilibrado no Paulo Pinto e foi isso mesmo que aconteceu. Mais uma vez, não faltou emoção num excelente espetáculo de basquetebol, disputado com entrega e entusiasmo por todos os intervenientes até ao último segundo.

A ADS entrou melhor no jogo, com uma defesa muito agressiva, a procurar criar dificuldades ao jogo coletivo de qualidade do adversário o que obrigava ao recurso a soluções mais desconfortáveis para os atletas do Belenenses, na tentativa de concretizar pontos. O resultado no fim do 1º período era de 24 – 12. A partir desse momento o Belenenses reagiu a esta entrada forte da ADS e procurou apresentar o seu jogo, com especial destaque para a dinâmica incutida pelo base José Torres e a inspiração do norte americano Charles Tripp.

Como era de esperar, o jogo entrou numa toada de grande equilíbrio, para gaudio dos espectadores, que vibraram com a dinâmica incutida pelos atletas em campo.

A 25 segundos do final o Belenenses liderava o marcador por um ponto de diferença e no último ataque da ADS, Eduardo Guimarães fez uma penetração para o cesto, falhou o lançamento e o norte-americano da ADS, Torrance Johnson, conquistou um ressalto ofensivo absolutamente decisivo no jogo e, com uma tapinha a 2 segundos do fim, deu a vitória à formação da casa. Foi um resultado justo, um prémio merecido pela entrega,

espírito de sacrifício e qualidade evidenciada pela equipa orientada por João Tiago, sobretudo no capítulo defensivo.

No final do jogo, o capitão alvinegro, Sílvio Rodrigues, declarou que “entramos bem no jogo mas o Belenenses, que tem uma equipa muito atlética, recuperou e acabamos por ganhar por apenas um ponto. É uma vitória muito importante para nós.”

No próximo jogo, a ADS desloca-se ao Algarve, à cidade de Olhão, para defrontar a equipa local, em jogo a disputar no dia 22 de fevereiro, às 16.30h.

ClubeJVEDP
AD Sanjoanense211101032
Sampaense Basket221201034
CD Povoa22170539
Académica Lumiar221001232
AngraBasket22301925
Casino Ginásio221201034
Académica Efapel22130935
Eléctrico FC221001232
F C Porto B21901230
Ginásio Patés Manná22150737
Imortal B C22220044
Os Belenenses21120933
SC Braga21002121
SL Benfica sub2222601628