Sanjoanense parte em vantagem para a manutenção

AD Sanjoanense venceu primeira “batalha” na fase de apuramento ao Campeonato Placard Andebol 1. Vitória 33-31 no jogo da primeira mão frente ao CD S. Bernardo deixa alvinegros em vantagem. Segundo jogo joga-se em Aveiro a 11 de setembro. 

A AD Sanjoanense/Delba entrou a vencer a fase de apuramento do Campeonato Placard Andebol 1, posicionando-se em vantagem para garantir a última vaga na competição. Vitória sobre o CD São Bernardo (33-31) em jogo da primeira mão disputado no Pavilhão das Travessas, em S. João da Madeira, que acolheu 500 pessoas, lotação máxima permitida.

Boa entrada dos alvinegros na partida, com um parcial inicial de 3-0, e tendo alcançado a maior vantagem no encontro aos 11 minutos de jogo, com o resultado a assinalar 8-4. A perder, o técnico visitante pediu o primeiro time out da partida, e conseguiu mexer no jogo, alterando o seu sistema defensivo, passando para um 5×1, reduzindo a desvantagem até à margem mínima (9-8).

O jogo mantinha o equilíbrio, como um bom dérbi aveirense que se preza, e a reação dos homens de João Varejão não se fez esperar. Nova resposta e a vantagem de novo a ampliar, com destaque para a prestação ofensiva do lateral Bruno Saurin, autor de cinco golos no primeiro tempo, que ajudaram a que a Sanjoanense chegasse ao intervalo a vencer 19-17.

No regresso dos balneários, Tiago Gonçalves voltou a mexer no sistema defensivo do CD São Bernardo, subindo a equipa para um 3×3, e os alvinegros não conseguiram encontrar soluções, tendo mesmo perdido a liderança no marcador, pela primeira vez (19-20), à passagem dos 35 minutos.

Mas, uma tarde inspirada de Lucas Santana, que fechou bem a baliza dos alvinegros no segundo tempo, voltou a dar a força necessária para a equipa regressar para a frente do marcador. Continuava tudo em aberto e a incerteza quanto ao vencedor na partida pairava no ar, até porque a quatro minutos do apito final o resultado assinalava 30-29 favorável à AD Sanjoanense.

Os minutos finais foram de grande emoção, mas a equipa da casa soube guardar a vantagem de dois golos, tendo mesmo tido a possibilidade de ampliar para três golos, mas Rui Pereira impediu, no último lance da partida, ao defender um livre de sete metros.

O resultado final foi 33-31, faltando agora jogar-se a segunda mão, que está agendada para o próximo dia 11 de setembro, pelas 18h30, em Aveiro.

Jornal ORegional