Sanjoanense vence líder do campeonato

Estádio Municipal Anadia

Anadia FC 0 x AD Sanjoanense 2

Árbitro – João Pinho – AF Aveiro

Ao intervalo 0-1

Anadia: Manuel Gama, Tiago Melo, Tiago, Diogo Costa, Nivaldo, Zé Lopes, Helder Castro, Leandro Borges, Pedro Silva, Cícero e Fausto Lourenço.

Treinador – Miguel Valença

Sanjoanense: Diogo, Gil Barros, Ruben (c), Godinho, Aldair, Barbosa (Danso 67), George, Sam Silvera (Paulinho 81), Nonato (Mário 75), Elder Santana e Márcio (Jota 81).

Treinador – Sérgio Machado

Golos; Elder Santana e Paulinho.

A Sanjoanense deslocou-se a casa do Anadia, numa fase em que se tem apresentado confiante e mantido uma excelente série de jogos sem derrotas. No entanto, do outro lado encontrava-se nada mais que o líder da série D do Campeonato de Portugal, o Anadia, que esta época ainda não havia perdido nenhum jogo no seu terreno.

Em jogo bastante divido e com ambas as equipas a praticarem bom futebol, foram os da casa que entraram melhor na partida. Logo aos três minutos, lance de perigo na área de Diogo Almeida, com Cícero a acertar nas “orelhas” da bola e, no ressalto, o esférico a sobrar para Pedro Silva que rematou forte, para defesa atenta do guarda-redes forasteiro. Dez minutos depois, foi Fausto Lourenço que deixou mais um aviso na área dos alvinegros. No primeiro tempo, este foi o último lance digno de registo pelos bairradinos.

A partir daqui, a Sanjoanense acreditou que poderia discutir o resultado e começou a subir mais no terreno. Aos 24 minutos, Márcio ganhou uma bola nas costas da defesa visitada, mas Manuel Gama antecipou-se bem ao homem de S. João da Madeira, evitando o pior. Não aconteceu neste lance, mas aos 33 minutos, o “matador”, Elder Santana, não perdoou. Passe em profundidade de Barbosa, a desmarcar o avançado brasileiro pela esquerda do seu ataque, que à saída de Manuel Gama picou a bola sobre o guardião e, a dois tempos, empurrou o esférico para o fundo da baliza, fazendo o primeiro da partida para a Sanjoanense.

Os alvinegros ficaram motivados pelo golo e, aos 37 minutos, foi novamente Elder Santana quem importunou o guarda-redes da casa. Poucos minutos antes do intervalo, houve duas oportunidades flagrantes de golo para Sam, que no capítulo da finalização não esteve em tarde inspirada. No primeiro lance, aos 43 minutos, apareceu isolado no lado esquerdo do ataque visitante, perdendo no ‘cara a cara’ com Manuel Gama. Já no tempo de compensação, novamente isolado, com o guarda-redes bairradino pela frente, picou-lhe a bola e viu esta passar rente ao poste esquerdo. O intervalo chegava com a Sanjoanense a vencer, mas bem que poderia ser por outros números, não fosse o desacerto de Sam na finalização.

A ter de correr atrás do prejuízo, os da casa arriscavam e, ao intervalo, Miguel Valença mexia na equipa. Dupla alteração, com a entrada de Nuno Pereira e Ricardo Barros. O segundo tempo começou como havia começado a partida, com o Anadia por cima no jogo. Mas, à passagem do minuto 52, aconteceu o momento do jogo, que acabou por ter alguma influência no desenrolar da partida. Manuel Gama, guarda-redes do Anadia, foi expulso com vermelho direto, a castigar uma defesa com as mãos fora da grande área, feita para evitar um ataque de Elder Santana.

A jogar com 10 jogadores, os da casa não se encolheram, até porque a derrota não lhes interessava, no entanto, e apesar de alguma posse de bola, não criaram muitas oportunidades, muito devido à boa organização defensiva dos homens de Sérgio Machado, com exceção para um lance aos 82 minutos, prontamente resolvido por Diogo Almeida.

De forma inteligente, a Sanjoanense começou a explorar a saída rápida em transição e foi num lance desses que, já em período de compensação (94 minutos), Paulinho – que havia saltado do banco – acorreu de forma certeira a um excelente cruzamento de Jota, à entrada da pequena área, depois de uma arrancada de Danso. Estava feito o 0-2, e o jogo ficava sentenciado.

Vitória justa dos homens de S. João da Madeira, que enfrentaram o jogo de forma muito organizada, anulando bem o adversário, e sabendo explorar as saídas rápidas em transição. Com esta vitória, a Sanjoanense assume-se como uma das equipas candidatas aos lugares de acesso à fase de subida à Liga 3.

Na próxima jornada, domingo, 14 de março, pelas 15h00, receção ao Valadares Gaia, em caso de vitória a Sanjoanense garante um lugar nos cinco primeiros classificados, lugar que dá acesso ao playoff de acesso á 3ª liga.

Vitória importante e sem discussão, no terreno do líder do campeonato”, considerou Sérgio Machado, treinador da Sanjoanense. O técnico sublinhou a obtenção de “três pontos muito importantes” para a caminhada da equipa, mas abrandou possíveis euforias. “Ainda nada está garantido. Vamos continuar a trabalhar para vencermos já o próximo jogo”, concluiu o responsável, em declarações feitas no final do encontro.

Jornal ORegional


ClubeJVEDP
AD Sanjoanense21712233
Sp Espinho2184928
Lourosa21116439
Vildemoinhos21441316
Valadares21103833
Canelas 201021115538
Anadia21135242
Águeda21451217
Beira-Mar2184928
S. J. Vêr2198435
Vila Cortez2111194
Castro Daire2195732