João Oliveira e Filipe Leal comentam Início de Época

A Treinar há quase duas semanas, os alvi-negros continuam a sua preparação para a estreia na I Divisão Nacional, 12 anos depois da última presença. João Oliveira, já com vários anos de casa, é o novo capitão de equipa, depois do mítico Franklin ter feito o seu último jogo no glorioso encontro contra o HC Braga.

Instado a comentar esta herança que recebe, João Oliveira realça, sobretudo, o “espírito de grupo que tem que existir para que os objectivos sejam atingidos”. Numa época em que o trabalho árduo será o segredo para o sucesso, João não alinha em euforias e sublinha que a “manutenção é o grande objectivo do clube e para o qual todos vão ter que trabalhar bastante”.

Já Filipe Leal regressa à casa que o viu nascer para o Hóquei em Patins, depois de vários anos de ausência. O experiente defesa esclarece que “era meu desejo regressar à Sanjoanense e aqui passar os últimos anos da minha carreira”. Apesar de ter tido propostas mais vantajosas, Filipe Leal refere que “o dinheiro não é o mais importante” e que, os seus objectivos pessoais, “serão os mesmo do clube que passam pela manutenção “que não será nada fácil de alcançar.

Num ponto os dois jogadores convergem: ambos anseiam para que o ringue do Pavilhão dos Desportos seja melhorado para dar uma maior qualidade aos treinos. João Oliveira considera que “a pré-época tem corrido bem, embora estejamos condicionados pelo mau estado do piso”, já Filipe Leal, por ser uma nova aquisição, tem tido muitas dificuldades em se adaptar ao piso e avisa “se os sanjoanenses querem ver bom hóquei, precisamos de um piso melhorado, pois assim não conseguimos ter fio de jogo, a bola salta muito o que nos faz falhar vários passes”. Contudo, ambos também se mostram optimistas que esta situação irá ser resolvida o mais rapidamente possível.

Para além das funções de jogador, Filipe Leal está encarregue de treinar os Infantis e enaltece que a sua função como técnico será de “incutir os valores iniciais na prática do hóquei em patins para que a formação da Sanjoanense continue a dar cartas, como sempre o fez na sua história”.

Hóquei efectuou primeiro teste

A Sanjoanense deslocou-se a Pessegueiro do Vouga para o 1ºTeste da Pré-Temporada, tendo goleado os locais por esclarecedores 10-2. Ao intervalo o marcador assinalava 4-2, tendo marcado Filipe Leal, por duas vezes, Chico Barreira e Daniel Homem.

Na segunda parte, Vítor Pereira pediu mais velocidade e os jogadores corresponderam, marcando por mais seis vezes, com os golos a serem repartidos por Filipe Leal, Chico Barreira, Afonso Santos e Daniel Homem(3). João Oliveira esteve impedido de dar o seu contributo à equipa, já que contraiu uma pequena lesão no treino da véspera.

Uma palavra, também, para o Pessegueiro do Vouga que mostrou qualidade, apesar da sua juventude e do notório cansaço físico na parte final do encontro.

A Sanjoanense prossegue a sua preparação já amanhã, entrando em cena no Torneio Cidade de Espinho, jogando às 22h com uma das melhores formações do mundo, o Liceo da Corunha.

 

Pessegueiro do Vouga 2 x Sanjoanense 10

5 Inicial: Marco Lopes, Alfredo Nogueira, Tiago Ferraz, Pedro Cerqueira e Daniel Homem

Jogaram Ainda: David Nogueira, Chico Barreira, Filipe Leal, Roberto Ribeiro e Afonso Santos

Torneio de Hóquei-Patins

 

1ª Jornada – 12 setembro

Oliveirense – Cucujães 20h30

Sanjoanense – Juv. Pacense 22h

2ª Jornada – 13 setembro

Oliveirense – Juv. Pacense 10h30

Sanjoanense – Cucujães 12 horas

3ª Jornada 13 setembro

Juv. Pacense – Cucujães 17 horas

Sanjoanense – Oliveirense 19 Horas