Pavilhão

 

Em 1960, concretizou-se uma das mais emblemáticas obras de S. João da Madeira, pelo enorme simbolismo que tem na afirmação do concelho enquanto terra de gente de grande dinamismo. Fruto da determinação e do bairrismo da população local, foi inaugurado nesse ano o Pavilhão dos Desportos, que passou a ser a “casa” do maior clube do município: a Associação Desportiva Sanjoanense.

Sidónio Pardal foi o presidente da Comissão Administrativa e grande impulsionador do projecto, juntamente com o seu vice-presidente, Eduardo Duarte. Mas a obra só se tornou possível graças à participação generalizada dos sanjoanenses, não só através de donativos em dinheiro, mas também em material e até em trabalho. Uma união de esforços que permitiu fazer da Sanjoanense um dos primeiros clubes nacionais a ter pavilhão próprio.

A inauguração do Pavilhão dos Desportos – a 13 de Fevereiro de 1960 – é um dos momentos mais marcantes da história desportiva do concelho de S. João da Madeira, tendo atraído uma enorme multidão, que teve a oportunidade de assistir a jogos de hóquei em patins envolvendo o F.C.Porto, Benfica, C.F. Arrahona (Espanha) e a equipa da casa.

Desde então, o recinto foi palco para empolgantes partidas, não só de hóquei em patins, mas de várias outras modalidades, com destaque para o basquetebol e o andebol. Mas o grande momento terá sido mesmo no hóquei patinado com a conquista da Taça das Taças da modalidade.

Pavilhão Desportos

Pavilhão Desportos

Pavilhão Desportos

Pavilhão Desportos

398246_296672647082014_119825161_n

Pavilhão Desportos